Quais documentos separar para entregar o Imposto de Renda

Quando o assunto é a entrega da declaração de Imposto de Renda da pessoa física, muitas dúvidas podem surgir, dentre elas: “Quais documentos separar para entregar o Imposto de Renda?”

Compartilhe nas redes!

Quando o assunto é a entrega da declaração de Imposto de Renda da pessoa física, muitas dúvidas podem surgir, dentre elas: “Quais documentos separar para entregar o Imposto de Renda?”

Em meio a esse tipo de dúvida, o time de especialistas em Imposto de Renda da Edxcont Contabilidade decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto.

Continue conosco até o final do artigo para conferir quem precisa entregar o Imposto de Renda e os documentos necessários para o correto preenchimento da declaração.

Quem precisa declarar o Imposto de Renda?

De acordo com a Receita Federal, o Imposto de Renda precisa ser declarado por todos os contribuintes que preencham ao menos um dos requisitos abaixo:

  • Receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 30.639,90 no ano passado;
  • Receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 200 mil no ano passado;
  • Obtiveram em qualquer mês do ano anterior, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas cuja soma foi superior a R$ 40 mil, ou com apuração de ganhos líquidos sujeitas à incidência do imposto;
  • Receberam isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias;
  • Recebeu no ano anterior, receita bruta em valor superior a R$ 153.199,50 em atividade rural;
  • Tinham até 31 de dezembro do ano anterior a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 800 mil;
  • Passaram para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro do ano anterior;
  • Optaram por declarar os bens, direitos e obrigações detidos pela entidade controlada, direta ou indireta, no exterior como se fossem detidos diretamente pela pessoa física;
  • Possuem trust no exterior;
  • Desejam atualizar bens no exterior.

Quais documentos separar para entregar o Imposto de Renda: lista resumo

Para preencher e entregar o Imposto de Renda, o contribuinte precisa ter em mãos, todos os documentos que comprovem o recebimento de receitas, o pagamento de despesas dedutíveis, a posse de bens, a contratação de empréstimos ou a realização de operações financeiras no ano anterior.

Dessa forma, a lista resumida de documentos que você precisa separar para entregar o Imposto de Renda é a seguinte:

  • CPF do titular e também dos seus dependentes;
  • Número do título de eleitor;
  • Comprovante de endereço atualizado;
  • Número do recibo da declaração do ano anterior;
  • Informes de rendimentos bancários e de investimentos;
  • Informe de rendimentos entregue pela sua empresa;
  • Documentos que comprovam a compra e venda de bens;
  • Documentos que comprovem a propriedade de bens como obras de arte, jóias, imóveis e veículos;
  • Comprovantes de despesas médicas e despesas escolares;
  • Dados Bancários.

Quais documentos separar para entregar o Imposto de Renda: lista completa

Se você conferiu a lista acima, mas ainda possui dúvidas, confira logo abaixo, o check list completo de documentos para entrega do Imposto de Renda e separe todos aqueles que você possui.

Declaração do ano anterior:

  • Se você já fez declaração de imposto de renda antes, separe a última declaração apresentada junto com o recibo de entrega.

Comprovações de renda:

  • Informes de rendimentos provenientes de instituições financeiras, incluindo corretoras de valores;
  • Comprovantes de rendimentos como salários, pró-labore, distribuição de lucros, aposentadoria, pensões, entre outros;
  • Documentação de rendimentos de aluguéis de bens móveis e imóveis provenientes de entidades jurídicas.
  • Informações e documentos relativos a outras fontes de renda, como pensão alimentícia, doações, heranças, entre outros;
  • Resumo mensal do livro caixa acompanhado da memória de cálculo do carnê-leão;
  • DARFs referentes ao carnê-leão.

Comprovação de bens e direitos:

  • Documentos que atestem compra e venda, tais como contratos, escrituras e documentos de transferência.

Comprovação de dívidas e ônus:

  • Informações e documentos relativos a dívidas e ônus contraídos e/ou quitados durante o período.

Comprovação de renda variável:

  • Controle detalhado de compra e venda de ações, incluindo apuração mensal de impostos.
  • DARFs relacionados a operações de renda variável.

Outras informações:

  • Dados bancários para possível restituição ou débitos das cotas de imposto apurado;
  • Informações sobre dependentes, incluindo nome, CPF, grau de parentesco e data de nascimento, Endereço atualizado;
  • Detalhes sobre a atividade profissional exercida atualmente;
  • Pagamentos e doações efetuados;
  • Recibos de pagamentos ou informes de rendimento de planos ou seguros de saúde, com CNPJ da empresa emissora e indicação do paciente;
  • Comprovantes de despesas médicas e odontológicas, contendo CNPJ da empresa emissora ou CPF do profissional, com indicação do paciente;
  • Comprovantes de despesas com educação, indicando CNPJ da empresa emissora e o aluno;
  • Documento comprobatório de quitação de contribuições para a Previdência Social e previdência privada, contendo o CNPJ da empresa emissora;
  • Recibos de doações efetuadas;
  • Guia da Previdência Social (GPS) referente ao ano completo e cópia da carteira profissional do empregado doméstico;
  • Comprovantes oficiais de pagamento a candidatos políticos ou partidos políticos.

Saber quais documentos separar para entregar o Imposto de Renda e providenciar a lista completa, é fundamental para o correto preenchimento da declaração, evitando problemas com o fisco e a temida malha fina da Receita Federal.

Declare seu Imposto de Renda com a Edxcont Contabilidade

A Edxcont Contabilidade está aqui para simplificar o processo de declaração de imposto de renda para você. Com o apoio da nossa equipe de especialistas você declara o seu IR de forma precisa e sem dor de cabeça.

Nossos serviços incluem:

  • Preparação e envio da declaração de imposto de renda pessoa física;
  • Orientação sobre deduções e benefícios fiscais;
  • Identificação de oportunidades para maximizar sua restituição;
  • Suporte personalizado para responder a todas as suas dúvidas e preocupações; Cumprimento de prazos para garantir a conformidade com a legislação tributária.

Não deixe a complexidade do imposto de renda tirar seu sono. Permita que a Edxcont Contabilidade cuide de tudo para você!

Para saber mais, esclarecer dúvidas e declarar o seu IR com o apoio do nosso time, clique no botão do WhatsApp e entre em contato conosco!

Classifique nosso artigo post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Como abrir CNPJ em Niterói?

Como abrir CNPJ em Niterói?

Se você está pensando em abrir CNPJ em Niterói, mas possui dúvidas, e não sabe exatamente por onde começar, saiba que você chegou ao lugar

Arquiteto pode ser Simples Nacional?

Arquiteto pode ser Simples Nacional?

Arquiteto pode ser Simples Nacional? Essa é uma dúvida muito comum entre profissionais de arquitetura que estão em busca de uma alternativa para pagar menos

Engenheiro pode ser Simples Nacional?

Engenheiro pode ser Simples Nacional?

Engenheiro pode ser Simples Nacional? Essa é uma dúvida comum entre profissionais de engenharia que estão interessados em abrir um CNPJ para prestar serviços como

Recomendado para você
Contar com o suporte e assessoria de uma contabilidade para…

baixe seu ebook Gratuito

Informe seu dados