Como abrir um consultório médico?

Como abrir um consultório médico

Compartilhe nas redes!

Abrir um consultório médico é o sonho de muitos profissionais. Por sinal, se você chegou até aqui, esse pode ser também o seu sonho.

Sabendo disso, a Edxcont Contabilidade preparou um artigo completo, com informações, orientações e um passo a passo detalhado que vai ajudar você a tirar os seus planos do papel.

Para saber mais e conferir o que o nosso time de especialistas separou para você, reserve alguns minutos para leitura deste artigo. Temos certeza que você vai gostar!

Como abrir um consultório médico [Passo a Passo]

Abrir um consultório médico é uma decisão que envolve uma série de etapas, desde a concepção da ideia até o início das operações.

Vamos delinear um passo a passo detalhado:

1.Planejamento e Estratégia

  • Análise de mercado: Antes de abrir um consultório médico, é importante entender o mercado em sua região. Analisar a demanda por especialidades médicas, o perfil dos pacientes e identificar possíveis concorrentes.
  • Definição da especialidade: Selecione a especialidade ou subespecialidade que irá atender. Isso ajudará a determinar o tamanho do espaço e a estrutura que você precisará montar.
  • Planejamento financeiro: Determine o capital necessário para iniciar o negócio, incluindo custos fixos e variáveis. Um plano financeiro sólido ajudará a garantir que você tenha recursos suficientes para iniciar e manter o consultório.

2.Escolha e Adequação do Espaço

  • Localização: Selecione um local estratégico, considerando fatores como facilidade de acesso, visibilidade, e proximidade a hospitais ou laboratórios.
  • Estrutura física: O espaço deve ser adequado para atender aos pacientes com conforto e privacidade. Considere salas de espera, consultórios, banheiros e possivelmente uma área administrativa.
  • Acessibilidade: Garanta que o local esteja de acordo com as normas de acessibilidade, permitindo que todos os pacientes, incluindo aqueles com deficiências, possam ser atendidos adequadamente.

3.Regularização e Licenças

  • Registro: O médico deve estar registrado no Conselho Regional de Medicina (CRM) do seu estado. Além disso, é preciso registrar o consultório enquanto estabelecimento de saúde.
  • Licenças: É necessário obter licenças e alvarás específicos, como a Licença Sanitária, que garante que o local atende aos padrões de saúde.
  • Aspectos fiscais: Para atuar como pessoa jurídica será necessário se registrar na Junta Comercial, obter um CNPJ e outros documentos importantes.

4.Equipamentos e Softwares

  • Equipamentos: Será preciso investir em alguns equipamentos básicos, como computador e impressora.
  • Softwares de gestão: Implemente um software de gestão clínica para gerenciar prontuários eletrônicos, agendamentos, e outras atividades administrativas.

5.Contratação de Equipe

  • Seleção: Dependendo do tamanho do consultório, você pode precisar de uma ou mais recepcionistas. Preferencialmente, procure contratar profissionais qualificados.
  • Treinamento: Todos os novos membros da equipe devem receber treinamento adequado sobre procedimentos do consultório e atendimento ao paciente.
  • Legislação trabalhista: Também é muito importante contar com o apoio de uma contabilidade especializada para seguir de forma adequada a legislação trabalhista vigente.

6.Marketing e Divulgação

  • Identidade visual: Crie um logotipo, cartões de visita e materiais de escritório que representem sua marca.
  • Presença online: Tenha um site e perfis em redes sociais. Isso ajudará na divulgação do consultório e atrairá mais pacientes.
  • Estratégias de marketing: Considere estratégias como publicidade paga, marketing de conteúdo ou parcerias com outros profissionais de saúde para aumentar sua base de pacientes.

Com um bom planejamento e a oferta de serviços de qualidade, você pode abrir um consultório médico de sucesso!

Abrir um consultório médico como pessoa física ou jurídica?

Médicos são profissionais liberais e podem exercer suas atividades como pessoa física, ou seja, não são obrigados a abrir um CNPJ.

No entanto, precisamos alertar que abrir um consultório médico como pessoa jurídica é a melhor opção para quem deseja pagar menos impostos.

Isso acontece, pois de acordo com a legislação em vigor, médicos que não possuem CNPJ precisam declarar seus rendimentos mensais e recolher até 27,50% de imposto de renda, conforme tabela abaixo:

Base de cálculoAlíquotaParcela a deduzir
Até 2.112.00IsentoIsento
De 2.112,01 até 2.826,657,50%R$ 158,40
De 2.826,66 até 3.751,0515%R$ 370,40
De 3.751,06 até 4.664,6822,50%R$ 651,73
Acima de 4.664,6827,50%R$ 884,96

Por outro lado, os médicos que possuem CNPJ, podem recolher seus impostos em regimes tributários como o Simples Nacional, com alíquota a partir de 6% sobre o faturamento ou no Lucro Presumido, com tributação entre 13,33% e 16,33%.

Antes de começar a colocar os seus planos de abrir um consultório médico em prática, conte com a Edxcont Contabilidade.

Entre em contato conosco e veja como podemos ajudar você a economizar no pagamento de impostos!

Quais os documentos necessários para abrir um consultório médico?

Muitos profissionais acreditam que para abrir um consultório médico é preciso separar muitos documentos, quando na verdade, a lista de documentos é composta basicamente pelos seguintes itens:

  • RG e CPF do profissional;
  • Registro do médico no CRM;
  • Comprovante de residência do médico;
  • Carnê IPTU do local para instalação do consultório.

Com esses documentos em mãos, enquanto você idealiza o seu consultório, o nosso time de contadores pode cuidar de todos os trâmites legais para registro e regularização do seu negócio, incluindo:

  • Registro na Junta Comercial;
  • Emissão do CNPJ;
  • Liberação do Alvará de Funcionamento;
  • Liberação do Alvará de Vigilância Sanitária;
  • Emissão da Inscrição Municipal;
  • Registro no CRM e no CNES.

Um dos nossos maiores diferenciais é a nossa especialidade em consultórios e clínicas médicas.

Quanto custa abrir um consultório médico?

O maior investimento para abrir um consultório médico é o que está relacionado à estrutura em si, incluindo aluguel e reforma de uma sala comercial, aquisição de mobília, decoração e equipamentos de informática.

Por sua vez, do ponto de vista do registro e legalização do consultório, o investimento é composto pelos seguintes itens:

  • Taxa de registro na Junta Comercial;
  • Honorários do escritório de contabilidade;
  • Aquisição do certificado digital;
  • Registro do consultório no CRM – Conselho Regional de Medicina.

Não se preocupe, a Edxcont Contabilidade possui planos sob medida para garantir sua economia!

Para saber mais e abrir um consultório médico com o apoio de especialistas, clique no botão do WhatsApp e entre em contato conosco!

Classifique nosso artigo post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Como abrir CNPJ em Niterói?

Como abrir CNPJ em Niterói?

Se você está pensando em abrir CNPJ em Niterói, mas possui dúvidas, e não sabe exatamente por onde começar, saiba que você chegou ao lugar

Arquiteto pode ser Simples Nacional?

Arquiteto pode ser Simples Nacional?

Arquiteto pode ser Simples Nacional? Essa é uma dúvida muito comum entre profissionais de arquitetura que estão em busca de uma alternativa para pagar menos

Engenheiro pode ser Simples Nacional?

Engenheiro pode ser Simples Nacional?

Engenheiro pode ser Simples Nacional? Essa é uma dúvida comum entre profissionais de engenharia que estão interessados em abrir um CNPJ para prestar serviços como

Recomendado para você
Como abrir CNPJ para receber plantão médico? Essa é uma…

baixe seu ebook Gratuito

Informe seu dados