Carnê leão para engenheiros e arquitetos

Carnê leão para engenheiros e arquitetos

Compartilhe nas redes!

Como funciona e como preencher o carnê leão para engenheiros e arquitetos? Se você possui dúvidas com relação ao assunto, saiba que você chegou ao lugar certo.

Neste conteúdo, a Edxcont Contabilidade, vai explicar o que é carnê leão e apresentar o passo a passo completo para o correto preenchimento dessa importante obrigação.

Para saber mais e conferir o que o nosso time de especialistas separou para você, continue conosco e acompanhe este artigo até o final.

O que é carnê leão?

O carnê leão é uma obrigação acessória que precisa ser preenchida por pessoas físicas que recebem rendimentos pagos por outras pessoas físicas, situação que é bem comum para a realidade de profissionais liberais como engenheiros e arquitetos.

Por meio do carnê leão, os profissionais informam ao fisco o valor total dos rendimentos recebidos de outras pessoas físicas, em determinado mês, e com base nisso, recolhem o IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) devido.

O valor do Imposto de Renda a pagar é calculado com base nas alíquotas e faixas de faturamento da tabela abaixo:

Base de cálculoAlíquotaParcela a deduzir
Até 2.259.20IsentoIsento
De 2.259,21 até 2.826,657,50%R$ 169,44
De 2.826,66 até 3.751,0515%R$ 381,44
De 3.751,06 até 4.664,6822,50%R$ 662,66
Acima de 4.664,6827,50%R$ 896,00

Até este ponto tudo bem, mas afinal, como preencher o carnê leão para engenheiros e arquitetos? Veremos a resposta para essa pergunta em um passo a passo completo no próximo tópico.

Como preencher o carnê leão para engenheiros e arquitetos

Se você é engenheiro ou arquiteto autônomo e recebe valores pagos por outras pessoas físicas, é preciso declarar esses rendimentos por meio do carnê leão.

Para isso, siga as orientações abaixo, e veja de forma detalhada, como preencher a sua declaração.

1.Acesse o carnê leão

O carnê leão é uma aplicação que está disponível no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal, o famoso e-CAC. Para acessá-lo, clique aqui.

Por sua vez, logo após acessar a plataforma, clique na opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)” e na sequência, clique em “Acessar Carnê-Leão”.

No primeiro acesso, será preciso responder às seguintes perguntas:

  • É trabalhador autônomo? (Marque “Sim”)
  • Possui rendimentos/pagamentos no exterior? (Marque “Sim” ou “Não”)

Respondidas as perguntas, clique em “Salvar” para continuar o preenchimento do carnê leão.

2.Complete suas informações pessoais

Nesta etapa você precisará complementar suas informações pessoais, fornecendo os seguintes dados:

  • Número de dependentes;
  • Número do PIS/PASEP;
  • Telefone de Contato;
  • Endereço completo;
  • Qualificação profissional.

Feito isso, clique em “Salvar Identificação” para prosseguir com o preenchimento do carnê leão para engenheiros e arquitetos.

3.Informe seus rendimentos

Após fornecer as informações cadastrais solicitadas pelo fisco, clique em “Rendimentos” e depois em “+Rendimento” para começar a informar os seus rendimentos do mês anterior.

Para cada rendimento informado, serão solicitadas as seguintes informações:

  • Tipo de rendimento (trabalho não assalariado);
  • Sua ocupação profissional;
  • Natureza do rendimento;
  • Data de recebimento;
  • CPF de quem pagou
  • Breve histórico informando a origem do valor;
  • Valor recebido.

4.Informe suas despesas dedutíveis

Após informar todos os seus rendimentos, será hora de informar também, as suas despesas dedutíveis.

Existem algumas despesas que podem ser utilizadas para abater a base de cálculo do carnê leão para engenheiros e arquitetos, dentre elas:

  • Aluguel de sala comercial para prestação dos serviços;
  • Despesas com água, luz e telefone ligados a prestação dos serviços;
  • Contribuições obrigatórias a entidades de classe;
  • Material de conservação e limpeza;
  • Material de escritório;
  • IPTU e ISS.

5.Imprima a guia de pagamento

Por fim, clique na guia “Demonstrativo”, e logo em seguida no ícone da impressora, para imprimir a guia DARF de recolhimento do Imposto de Renda sobre seus rendimentos, caso exista algum valor a pagar.

Em caso de dúvidas com relação ao preenchimento do carnê leão e o correto recolhimento do Imposto de Renda, entre em contato conosco e receba orientações do nosso time de especialistas.

Como ser dispensado de preencher o carnê leão para engenheiros e arquitetos

Você sabia que é possível ficar dispensado de preencher o carnê leão para engenheiros e arquitetos, e ainda economizar no pagamento de impostos?

Engenheiros e arquitetos que prestam serviços como pessoa jurídica, ou seja, que possuem um CNPJ, não precisam preencher o carnê leão, e além disso, podem pagar seus impostos em regimes econômicos como o Simples Nacional e o Lucro Presumido.

Simples Nacional para engenheiros e arquitetos

No Simples Nacional os engenheiros e arquitetos podem ser tributados no Anexo III ou no Anexo V, com base na regra do Fator R, que diz basicamente o seguinte:

  • Engenheiros e arquitetos optantes pelo Simples que possuem despesas com pró-labore e folha de pagamento em percentual igual ou maior que 28% do seu faturamento são tributados no Anexo III.

FaixaReceita em 12 mesesAlíquotaValor a deduzir
Até 180.000,006,00%
De 180.000,01 a 360.000,0011,20%R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,0013,20%R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0016,00%R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0021,00%R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0033,00%R$ 648.000,00
  • Engenheiros e arquitetos optantes pelo Simples que possuem despesas com pró-labore e folha de pagamento em percentual menor que 28% do seu faturamento são tributados no Anexo V.

FaixaReceita em 12 mesesAlíquotaValor a deduzir
Até 180.000,0015,50%
De 180.000,01 a 360.000,0018,00%R$ 4.500,00
De 360.000,01 a 720.000,0019,50%R$ 9.900,00
De 720.000,01 a 1.800.000,0020,50%R$ 17.100,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,0023,00%R$ 62.100,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,0030,50%R$ 540.000,00

Importante: A alíquota máxima efetiva do Simples Nacional para empresas de engenharia corresponde a 19,50% sobre o faturamento.

Lucro Presumido para engenheiros e arquitetos

Por sua vez, no Lucro Presumido, a carga de impostos dos engenheiros e arquitetos pode variar de 13,33% a 16,33% sobre o faturamento mensal.

Neste caso, não temos uma alíquota única, sendo necessário recolher impostos federais e municipais de forma separada. Confira as alíquotas:

  • Impostos Federais: 11,33% sobre o faturamento;
  • Imposto Municipal (ISS): 2% a 5% sobre o faturamento.

Não tenha dúvidas, tanto no Simples Nacional, quanto no Lucro Presumido, você pode pagar menos impostos sobre seus rendimentos, e com isso, lucrar mais!

Para saber mais sobre o carnê leão para engenheiros e arquitetos, manter suas obrigações em dia com o fisco ou conhecer um caminho para pagar menos impostos, clique no botão do WhatsApp e entre em contato conosco!

Como uma contabilidade digital, nós atendemos profissionais de todas as partes do país!

Classifique nosso artigo post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Veja também

Posts Relacionados

Como regularizar um CNPJ inapto?

Como regularizar um CNPJ inapto?

Você sabe o que é um CNPJ inapto? Manter a regularidade fiscal e cadastral é fundamental para o funcionamento de qualquer empresa. No entanto, diversas

Como abrir CNPJ em Niterói?

Como abrir CNPJ em Niterói?

Se você está pensando em abrir CNPJ em Niterói, mas possui dúvidas, e não sabe exatamente por onde começar, saiba que você chegou ao lugar

Recomendado para você
Se você está pensando em abrir CNPJ em Niterói, mas…

baixe seu ebook Gratuito

Informe seu dados